Estudos

O CANTO DO SÁBIA

E O ESPLENDOR DO IPÊipe81_Fotor

NO ALVORECER DA PRIMAVERA

J.PERALTA

  1. Diz-se, com certa verdade, que o Brasil é a terra da eterna primavera.

Pois é! Por aqui a primavera tem as suas belezas e delícias especiais! Belezas tropicais!

Em São Paulo, a Primavera é anunciada, de modo particular, pela exuberante floração do Ipê Amarelo. Daí, as floradas se sucedem!

Em meados de Setembro, ela atinge o seu pleno esplendor!

Ipê Amarelo é a árvore símbolo do Brasil.

É uma árvore mediana, que enche a paisagem e nos enche os olhos por seu encanto.

Mas o Ipê Amarelo é apenas um, de muitas outras espécies.

No Brasil temos cem(100) espécies de ipês. Este é assunto para depois! Os Espetáculos dos ipês são impressionantes, muitos não sabem dar-lhes o valor, por serem presença habitual!

  1. Outra marcar da nossa Primavera é o nosso Sabiá, com seu canto delicioso e estridente. Seu canto é sinaleiro!

IMG_8848

Admirável Ipê Amarelo!

Admirável Sabiá!

Estupendos presentes de Deus! Da natureza! Para nós humanos.

Mas tem muito mais! Temos, no Brasil, 12 (doze) espécies de Sabiá!

O Sábia Laranjeira é a árvore símbolo do Brasil.

Não podemos deixar passar a Primavera, indiferente aos encantos e belezas que ela nos traz!

Hoje falamos do sabiá laranjeira, assim chamado, por seu peito alaranjado.

Desde final do mês de agosto, o sabiá canta, por nossas ruas, parques e quintais.

Mas é em setembro que ele solta toda a força do seu cantar, efetivamente admirável, pelas notas musicais e pela melodia, que ecoa nos espaços humanos! Nos espaços urbanos e também nos espaços rurais.

  1. Logo de madrugada, pelas quatro horas da manhã, o sabiá brinda a cidade com o seu canto matinal. Acordamos com a música do seu canto!

Que beleza, minha gente!

O Canto do Sabiá é o chamado à fêmea, para a construção de seu ninho e para iniciar a reprodução anual, que vai até dezembro.

Enfim, o Sabiá alegra a cidade e os campos, durante toda a primavera.

Esta é uma ave bela e quase doméstica, que vive, por nossos jardins e quintais, e pelas ruas e parques, calmamente, bem próximo às pessoas!

  1. No meu quintal, os sabiás fazem, regularmente, há muitos anos, três ou quatro ninhos, anuais.

Seus ninhos são feitos próximos do chão; a uma altura aproximada de dois metros.

 

Um ninho já está no meu quintal, agora, com seus quatro ovos, como pode ser observado na foto tirada há três dias.

IMG_0433

Logo virão os filhinhos abençoados, que com seus pais, veem alegrar os ouvidos das pessoas e a vida da cidade.

Na cidade de São Paulo há milhões de sabiás, cantando por toda a parte, enquanto o verão não chega!

  1. A cidade de São Paulo, na Primavera, afigura-se como uma imensa orquestra de sabiás, a cantar, no esplendor dos ipês, cujo néctar tanto apreciam!

O Sabiá é um indicativo de que a natureza ainda tem o seu lugar, nas cidades, ainda que seja uma mega  metrópole, como São Paulo.

IMG_3417

São Paulo é rica em arvoredo e em passarada. Uma beleza, que ameniza o cinzento do progresso!

O Sabiá, na cidade, é marca de vida e de esperança!

O Sabiá é alegria, para os nossos ouvidos e para os nossos olhos!

Escute o canto do sabiá, que aí vai, gravado, por mim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JOÃO GILBERTO

UMA CELEBRIDADE MUNDIAL

650x375_joao-gilberto_1404988 

João é notícia, no Brasil e no mundo, e sempre será. Melhor para o Brasil e para a arte mundial!

João é o Criador da Bossa Nova.

Entre tantas vergonhas, que o Brasil vem passando, há  alguns anos, por desmando políticos e outros mais, podemos aqui reiterar o que dissemos, há dias:

João Gilberto, deixou ao Brasil, um legado que muito honra o país.

O mundo inteiro lhe prestou homenagem, por ocasião da morte recente.

Aqui celebramos a grandeza deste homem e a sua obra.

Tal foi o reconhecimento do mundo, a este artista brasileiro, que a UNESCO fez um minuto de silêncio, em sua homenagem.

João é um filho da Humanidade! Um artista respeitado e respeitável!

Enfim, a música brasileira teve mais um alto reconhecimento mundial. O mundo o reconhece, por seus méritos, por seu legado!

Aqui nos unimos a ele, com muito respeito!

João merece e o Brasil também.

João fez o nome do Brasil mais respeitado!

Basta de mágoas!

Queremos de volta a honra e a alegria, que cultivamos, por índole e por tradição, desde sempre!

Que aprendamos a cantar e a respeitar às pessoas que sabem amar e engrandecer este país admirável!

João Gilberto tem, em si e em sua arte, o que há de mais belo na alma brasileira, na alma humana: tem grandeza, coragem e o sonho de beleza!

Bem haja, no além onde está!

Lá, tudo o que é bom é reconhecido e exaltado!

Que, por aqui, a sua arte sempre alegra os nossos dias!

Ouça – Desafinado – http://www.youtube.com.br

Texto – J.Peralta

Fotos – Google

data – 17/07/2019

——————————–xxxx——————————————————————-

 

globo__Captura de Tela 2019-07-06 a_s 16.31.08__gallefull

João Gilberto

 

JOÃO GILBERTO E A M.P.B.

I – Patrimônio Nacional

João Gilberto

Juazeiro, BA – 10/06/1931  –  Rio de Janeiro – 06/07/2019

 Um Gênio que se vai!

Mas a sua Coragem fica!

João Gilberto Pereira de Oliveira, é uma estrela que surgiu, nas terras e no céu do Brasil, em 1958, quando gravou Chega de Saudade. Esta Canção revelou ao mundo um novo estilo musical, que seria um marco mundial, na arte musical: A Bossa Nova.

A nova era, sucedeu a madrinha de todos, Carmem Miranda. Isto era a o grande impulso inicial!

João proporcionou ao seu povo a alegria de inesquecíveis espetáculos. Isto

Juntos com outros gênios, João Gilberto projetou o Brasil, pelo mundo afora, além das fronteiras. Deixou à história uma invenção admirável, que se perpetuou: Um ritmo musical, onde a letra se destacava, com mais clareza…

O tempo em que João Gilberto se projetou, era um tempo em que o Brasil respirava otimismo e inovação, com alegria.

Era o governo Juscelino Kubistchek ( 1956-1961), com a literatura de Clarice Lispector, Guimarães Rosa e outros mais, como Tom Jobim, Glauber Rocha, Drummond, Agostinho da Silva, etc; Veio o Futebol de Pelé, Zico, Garrincha, etc,etc.

Os Anos Dourados do Brasil iam resplandecendo!… Anos de inovações que impulsionavam a nossa sociedade, à escala mundial…

O Brasil criou fama, mundial, como um país de gente alegre, sempre a sorrir e a cantar! A música popular brasileira (MPB) conquistou o mundo.

Veio Brasília e muito mais, daí decorrente.

O Brasil vibrava de esperança! Vieram as Tv e os Festivais de Música Popular que revelaram grandes cantores. Surgiu a MPB que encantou o mundo… No Brasil, tudo era alegria!

O Brasil tinha alegria para exportar para o mundo!

João Gilberto e os nossos cantores e compositores contribuíram para projetar o Brasil, mundialmente.

Fez o Brasil sonhar, ao descobrir que aqui temos grandes qualidades; que podemos contribuir para um mundo melhor, também na arte. O clima reinante estimulava a inovação.

Fica bem dizer que eram os nossos Anos Dourados!

Quem não viveu nesses anos não sabe o que isto quer dizer! Mas pode imaginar!

Assim, o Brasil foi, por algumas décadas, um país muito respeitado, como já fora no passado…

Vencendo o complexo de vira-lata que, depois da década de 60, de vez em quando ressurge com os desmandos de alguns maus agouros… de alguns brasileiros aproveitadores, corruptos e corruptores…

Mas muita gente ainda segue, confiante nos altos destinos e alto potencial do país.

Alto potencial real, incontestável… Mas algo precisa, mudar!…

Vamos parar de humilhar este país tão especial!

 

JOÃO GILBERTO

II – Nossos Anos Dourados

UM LEGADO A PRESERVAR

joao-gilberto-spotify

João Gilberto, com a bossa nova, deu à música do Brasil, projeção mundial, que foi firmada,  por uma plêiade de grandes cantores, tais como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Vinícius de Morais, Chico Buarque de Holanda, Elza Soares, Ângela Maria, Agnaldo Raiol, Honremos o legado dessa gente…

O Brasil tornou-se um imenso estímulo à música popular mundial.

João Gilberto foi um grande cidadão um grande artista, um grande paradigma para as novas gerações, ao par de outros valores extraordinários, em outros campos naturais e culturais…

João Gilberto deu à arte do Brasil mais calor e alta credibilidade.

João Gilberto acaba de nos deixar. O Brasil e o mundo perderam um grande artista.

Que o seu exemplo dê coragem aos brasileiros, para levarem a arte do país, e também a família e a educação, mais a sério, com mais qualidade. Precisamos redescobrir o nosso Brasil brasileiro!

Que o Brasil,   a exemplo de João Gilberto,  readquiram a sua autoestima, e possam nos dar outros gênios, estimulantes, com a coragem e a qualidade de João Gilberto. Talentos não nos faltam!

O Brasil merece tudo de melhor!

O Brasil precisa lutar por melhorias contínuas! Cultivar melhores ideais e melhores hábitos de viver e conviver!

Precisam ser, hoje, melhor do que ontem, e amanhã melhor do que hoje!

João Gilberto é, hoje, um patrimônio mundial. Um patrimônio do Brasil.

E o Brasil deixou-o só, com os graves problemas que lhe aprontaram!! O gênio morreu triste!!

João Gilberto foi um gênio inesquecível da música nacional.

Se o esquecermos temos muito a perder.

Deixa saudade! Que deixe estímulos também a toda a nossa gente!

Se não soubermos cuidar deste patrimônio nacional enquanto vivo, cuidar de seu legado, com cuidado, para que não se esqueça!

E o seu nome não pereça!

João Gilberto, pelos tropeços que lhe apontaram traz-nos mais uma lição de sabedoria popular no jogo da vida, o que importa é participar; perder ou ganhar é secundário!

Texto: José Jorge Peralta

Fotos:Google
Escute:  Chega de Saudade, Garota de Ipanema e em alguns trabalhos seus, entre muitos outros que a história não esquece: www.youtube.com

globo__Captura de Tela 2019-07-06 a_s 16.31.08__gallefull

Uma frase de João Gilberto para não esquecer:

Meu coração não se cansa.

De ter esperança.

De um dia ser tudo o que quer.

 


 

9 de Julho

Revolução Constitucionalista de 32

Um Mito que Honra São Paulo!

Um grito de Amor à Pátria!

Uma lição Cívica à Nação!

Um feito Imortal dos Paulistas!

DSC03609

I – Nasce um Novo Mito Paulista

1 – No dia 9 de Julho é anualmente lembrando e celebrado, no Estado de São Paulo.

Esta é a data em que uma plêiade de Paulistas corajosos e decididos, se levantou em armas, contra o governo provisório de Getúlio Vargas, na presidência da República.

Getúlio destituiu os governos do país.

Nomeou interventores, em Estados e Municípios.

Os paulistas, patriotas de sete costados, não ficaram indiferentes à ação do Getúlio golpista.

Reagiram e foram à luta, com o apoio da população… Muitos deram a vida pela nação. O governo federal fechou todos os portos e não permitiu a entrada de armamentos.

O Estado mais forte da nação, não teve como receber apoio em armamentos, do estrangeiro.

Assim, não teve como enfrentar o contingente, fortemente armado, do Exército e da Marinha. Muitos brasileiros deram seu sangue e sua vida para exigir o respeito do governo federal!

Impotentes, em 1º de outubro do mesmo ano, os revoltosos paulistas se renderam!

A refrega durou apenas três meses. Três meses de grandes iniciativas, de grandes lutas.

Três meses que ficaram na história. Três meses inesquecíveis.

A Revolução Constitucionalista transformou-se num dos grandiosos mitos paulistas, ao lado dos Bandeirantes outro mito imortal e de outros mais.

 

2 – Apesar da derrota, na prática, os paulistas ganharam a Revolução.

No ano de 1933,  foi atendida a exigência da nova Constituição, proclamada em 1934.

Estava solucionado o impasse: O Brasil passou a ter de novo,  uma regular ordem constitucional, com garantias de liberdade cívica e política.

Ficou, claro o velho adágio popular: Perder uma batalha não é perder a guerra!!

DSC03606

 

II – Os Vencidos – Vencedores

3 – A Revolução Constitucionalista foi um exemplo do poder e da força estratégico e cívica dos paulistas. Em pouco tempo, as lideranças mobilizaram o povo. O povo bandeirante não se omitiu e venceu. Após a primeira derrota; Os Vencidos, nas armas, foram vencedores na argumentação e na ação política, no diálogo convincente.

Eles elegeram, como símbolo da força de São Paulo, os nossos bravos Bandeirantes. Criaram outros símbolos que mobilizaram e entusiasmaram, o povo.

Criaram até bandeira própria e moeda própria, selos próprios e muito mais.

O nosso poeta, Guilherme de Almeida – brilhava com seus poemas libertários, que caiam na alma do povo, como energia imbatível…

O povo paulista/bandeirante não ficou indiferente, ante as agressões do Poder Político do Brasil.

4 – Os Bandeirantes foram a grande força simbólica da Revolução de 32.

O povo mostrou a sua força.  Por isso, o poder central, Getúlio Vargas, atendeu às exigências da Revolução. Atendeu as exigências dos paulistas, do povo bandeirante.

Ficou comprovado que o povo, quando tem razão, tudo vence, ainda que tenha de enfrentar e superar grandes controvérsias.

 

Resultado Final

 

Os líderes foram exilados, os Bandeirantes, por serem a grande força moral dos paulistas, passaram a ser difamados, embora o Bandeirismo tenha feito este país continental, no séc. XVII e XVIII.

Enfim, ficou patente a força moral de nossos heroicos Bandeirantes: Mortos há séculos, continuavam vivíssimos na mente e na alma do povo paulista: O povo Bandeirante.

O povo bandeirante, mostrou a sua força mais uma vez!

 

III – Marcas Imortais

5 – Entretanto, São Paulo e os Bandeirantes estão mais vivos do que nunca!

Eles são a força que fortalecem os paulistas. Somos o povo bandeirante com muita honra!

São Paulo continua a ser o Estado líder da Federação. E muito se revigorou!

A Revolução de 32 durou, três meses, em armas, e perdura até hoje e por todo o sempre, como exemplo da dedicação do povo, por seu país! Como marca de brasilidade e civismo. Como marca de heroísmo.

A Revolução de 32 deixou à posteridade uma inapagável lição de força, coragem, dedicação e amor à Pátria. A Revolução é uma inapagável lição de vida e de civismo!

Deixa marcas indeléveis, pela cidade: O Mausoléu do Soldado Constitucionalista,  e o grande Obelisco do Ibirapuera, a Av. 9 de Julho e muito, muito mais.

O Brasil conseguiu o que os paulistas reivindicaram a sua Constituição.

Então podemos dizer que os perdedores tiveram a vitória almejada: Os derrotados foram vitoriosos.

 

6 – O Obelisco é um dos dez principais ícones históricos da cidade de São Paulo.

É o monumento histórico mais alto de São Paulo.

Está situado num ponto de alta visibilidade, como um galo que canta, em cima do telhado, para acordar a cidade, de seu sono letárgico…

O Obelisco a 32, é como um grito do Brasil, pedindo paz, solidariedade e amor à Pátria, ao nosso torrão vital.

7 – Diríamos que mais importante do que ganhar ou perder é reagir ante os desmandos de alguém; é não ficar indiferente, ante o mal feito que prejudica o povo e a nação;

é participar; é cada um fazer a sua parte, com engenho e arte, com dedicação, por um país, para um mundo melhor, para todos!

Textos e Fotos: J.Peralta

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Por um mundo Uno e Plural

%d blogueiros gostam disto: